• SlideShow

Erros mais comuns em uma apresentação

Para avançar em nossa vida profissional ou acadêmica, devemos sempre estar preparados para fazer uma boa apresentação, seja ela de nosso trabalho atual, de um novo projeto a ser discutido ou mesmo apresentar a empresa em alguma conferência.

Fazer uma apresentação de qualidade exige muito tempo e foco, assim como planejamento e uma boa visualização de seus objetivos com a apresentação. Para algumas pessoas, se apresentar em público pode ser um desafio grande, geralmente sendo por conta de alguns vícios de apresentação que não foram corrigidos.


Pensando nisso, elaboramos algumas dicas do que não podemos fazer durante uma apresentação em público. Veja abaixo!


Erros comuns em uma apresentação
Para de cometer esses erros agora mesmo!

Ler os slides

Se você for uma pessoa tímida, ler os slides pode ajudar na diminuição do nervosismo durante a apresentação; mas, como tudo na vida, tem seus problemas: sua apresentação ficará extremamente monótona e cansará o público, além de pensarem que você não tem domínio sobre o tema apresentado. Isso é o oposto do que queremos em uma apresentação.


Quando estiver montando seus slides, certifique-se de colocar apenas algumas palavras chaves sobre cada tópico, de modo que a informação flua de você para os espectadores com naturalidade, dando ar de profissionalismo.


Repetição de palavras ou frases

Isso realmente pode enlouquecer alguém, sério! Busque sempre variar o máximo possível nas palavras usadas, buscando sempre sinônimos próximo para não alterar o significado geral do que estiver falando. Repita sua apresentação no espelho para conferir se não está cometendo esse erro.


Perder o foco

Se o título de sua apresentação tiver bananas, comece falando de bananas e termine falando de bananas. O foco de sua apresentação é de suma importância, pois se o público estiver esperando ouvir sobre bananas, não irá gostar nada de ouvir sobre abacaxis.


É muito fácil mudar o foco acidentalmente durante uma apresentação: você está lá com tudo certo quando de repente surge um exemplo alí, na hora, e você já está falando de abacaxis! Para não cometer esse erro, deve-se olhar com cuidado quais assuntos podem ser abordados em sua apresentação sem correr o risco de perder o foco.


Não dominar o conteúdo

Se você for se apresentar, seja para falar em nome de uma empresa multinacional ou para falar sobre tampinhas de garrafa, estude o tema como se sua vida dependesse disso! Muitas vezes os espectadores fazem questões sobre sua apresentação, e se você não souber dar uma resposta decente, tudo o que você falou será visto com ceticismo. Você acreditaria em um médico que não sabe o que é uma aspirina? E em uma engenheiro que não sabe somar? Claro que não. Para não passar vergonha com isso, estude o tema a ser apresentado o máximo que puder e na maior quantidade de fontes possível.


Falar muito rápido ou muito devagar

A velocidade com que você fala durante a apresentação é vital para a compreensão do conteúdo apresentado. Lembre-se que os espectadores são pessoas como você, e como você eles não são capazes de prestar atenção ininterruptamente por mais de meia hora em uma palestrante que jorra informação neles. Nosso cérebro precisa de um tempo mínimo para assimilar as informações adquiridas, e se ele não conseguir fazer esse processamento, vai acabar prestando atenção em outra coisa.


Falar devagar também é um pecado em qualquer apresentação. Muitas vezes o público consegue predizer o que será falado a seguir em uma determinada linha de raciocínio, e se essas palavras demorarem muito para chegar, causará ansiedade e inquietação nas pessoas.


A velocidade ideal de apresentação é a mesma que de uma conversa normal, devendo-se manter uma fala descontraída, relaxada e fluída.

Agora é praticar, praticar e praticar. E se precisar de ajuda com sua apresentação, fale com a gente ;)